Nos dias de hoje tudo funciona muito rápido e o acesso à informação é uma das principais ferramentas sociais à nossa disposição. Empresas sempre lutaram e investiram em pesquisa e desenvolvimento, em pesquisas de mercado, propaganda e marketing e diversos outros, sempre em busca de um único objetivo: entender o cliente, estar próximo do cliente no amplo sentido da palavra. Hoje em dia isso é possível e com um custo muito baixo (evitando dizer sem custo) pois é necessário apenas um aparelho celular e os aplicativos de mensagem. Os mais usados no Brasil são WhatsApp, Messenger e Telegram. A internet tem em sua raíz a possibilidade de aproximar pessoas, independente de posição geográfica. Com isso, todas as ações antes tomadas por grandes empresas em busca de se aproximar de seu consumidor, podem ser realizadas praticamente sem custo e em um só lugar, seus aplicativos de mensagens.

É conveniente destacar que muitas invenções decorrem até hoje não de um desenvolvimento a partir do zero, de uma idéia nova com base em um problema, mas sim da adaptação de soluções já inventadas para um propósito, à outros propósitos. Os aplicativos de mensagem como as redes sociais, foram desenvolvidos para facilitar a comunicação entre pessoas de uma rede, pessoas conhecidas, amigos.

Nada impede contudo, que seja criada uma rede empresarial (como as páginas comerciais no Facebook, ou mala-direta de empresas que recebemos por email muitas vezes sem querer) e que as mensagens sejam sobre vendas ou marketing de determinado produto.

Muitos empreendedores desconhecem esta possibilidade de realizar negócios online, apesar de já ser amplamente utilizada em alguns países. Além de promover uma grande economia de custos, este tipo de acesso ao cliente é direto e pode ser avaliado (medir resultados como taxa de conversão etc) praticamente em tempo real.

Modus Operandi

Algumas pessoas indagam que o método pode ser invasivo como uma ligação indesejada, ou como os emails chatos de empresas que classificamos como spam. Não é verdade, tudo deve começar com a criação de sua rede, com pessoas que sejam realmente clientes potencias de seu produto/serviço e a posterior manutenção dos contatos, não se deve deixar de estabelecer contato por longos períodos, como 1 mês por exemplo, em contrapartida não é recomendado enviar notícias e conteúdos diários para os clientes (a não ser para determinados tipos de negócios). Não se deve ainda enviar conteúdo que não seja relacionado à sua marca ou ao interesse do público-alvo, isso pode causar desinteresse e bloqueios pelo aplicativo.

Qual aplicativo devo usar?

Apesar da variedade de aplicativos no mercado, é possível dizer sem dúvida que os mais indicados são o WhatsApp e o Facebook Messenger, a indicação de um dos dois dependerá de alguns fatores básicos sobre seu negócio. Para empreendedores com uma página e volume de seguidores no Facebook é recomendado usar o Facebook Messenger simplesmente pela facilidade de ter os contatos de forma facilitada no aplicativo. Para empreendedores que possuem tão somente um site e atuam fora ou de maneira modesta no Facebook, podem utilizar o WhatsApp com a vantagem de que é possível ter o telefone do cliente para um contato mais direto e é importante também avaliar o uso de materiais enviados em vídeo pois o Facebook limita o envio de vídeos por tempo (até 1 min).

Com as dicas e orientações dadas você já pode começar a criar sua lista de contatos e produzir conteúdos interessantes para o público-alvo da sua empresa, grupos no Facebook são uma ótima fonte para construção de lista de consumidores em potencial e idéias para criação de conteúdo específico. Mãos à obra!

 

Gostou desse artigo? Cadastre-se para receber nossas dicas e Compartilhe com seus amigos logo abaixo!

 

Entre na lista do Aladim e receba dicas para aumentar suas vendas.
Te ajudamos a vender mais usando os Apps de Mensagem!
Receber Dicas